A campanha “Mil Brinquedos Mil Sorrisos” ganhou uma nova madrinha

A Apresentadora Fátima Lopes juntou-se a campanha “Mil Brinquedos Mil Sorrisos”, ajudando a divulgar a campanha através de um video.

Contribua você também deixando um brinquedo no fim-de-semana de 22 e 23 de Novembro de 2014, nas varias lojas do Pingo Doce da região de Leiria.

Para mais informações sobre os locais e horários onde pode deixar os brinquedos para futura adaptação, esteja atento as novidades aqui no site www.milbrinquedos.ipleira.pt

Lançamento do livro ‘A cegonha cor-de-rosa’

Célia Sousa, investigadora do iACT, lança o livro “A cegonha cor-de-rosa”.
O Salvador, Rita e Maria são algumas das personagens desta história, que te conta uma viagem pelo planeta do Autismo. Vem descobrir este planeta…
Com esta história pretende-se alertar todas as crianças e adultos para a problemática do autismo.

Convite para o lançamento do livro 'A cegonha cor-de-rosa', dia 15/11, 16h, Auditório 1 da ESECS.

O Jogo nas Crianças Autistas

No seu todo a obra espelha uma bem estruturada estratégia de entender, por um lado, o modo como as crianças e jovens com autismo vivem o seu quotidiano e, por outro, a forma como os educadores naturais (famílias) e profissionais (em especial os docentes) podem agir para a otimização do potencial de desenvolvimento e de aprendizagem dessas crianças e jovens. Como princípio orientador desta mediação, Ana Saldanha frisa, logo à entrada que são mais comuns as caraterísticas das crianças com autismo em relação aos seus pares do que as diferenças.

Para conferir mais ênfase a esta ideia crucial, a autora recorre ao psicólogo espanhol Ángel Rivière, considerado internacionalmente como um dos mais prestigiados estudiosos do autismo.

(…) Efetivamente, o fenómeno lúdico é, aqui, pormenorizadamente abordado, numa narrativa que vai desde o colocar em evidência a sua importância no desenvolvimento infantil, até ao seu contributo estratégico no âmbito da intervenção pedagógica junto de crianças com necessidades educacionais de diferenciadas tipologias, em geral e, em particular, de pessoas com autismo.

 

http://www.wook.pt/product/facets?palavras=o+jogo+nas+crian%C3%A7as+autistas

 

http://www.coisasdeler.pt/index.php?id_product=238&controller=product

 

PLIP – oficinas de formação

Para aprender a fazer KITS MULTIFORMATO, e com o apoio do Instituto Nacional para a Reabilitação, serão levados a cabo sessões de trabalho/formação, na ESECS/IPLeiria, todas as 4ªs feiras do mês de novembro, das 18.30 às 21.00h. No final teremos mais alguns livros para oferecer a pessoas com necessidades especiais.

Calendário das ações:

6 de novembro: apresentação do projeto PLIP

13 de novembro: escrita fácil

20 de novembro: pictogramas/LGP

27 de novembro: Braille/ imagens táteis

10 de dezembro: apresentação Produtos

banner plip oficinas

Mestrado em Comunicação Acessível

IPL lança um novo mestrado na área da acessibilidade em regime de b-learning, tendo como coordenadora a Professora Doutora Josélia Neves.

Este mestrado propõe-se formar especialistas em comunicação acessível, com vista ao desenvolvimento das competências teóricas e operacionais necessárias a uma inserção no mercado de trabalho nacional e internacional. A comunicação acessível é abordada através de vários olhares e em vários contextos para que se atinja uma perspetiva holística do fenómeno. Esta abordagem à comunicação extravasa os domínios científicos predominantes em que este Mestrado se inscreve. Num olhar integrado, centrado no primado da comunicação mas visto através de outros domínios como os das Ciências Sociais e do Comportamento, Saúde, Serviços Sociais, Serviços Pessoais, Ciências da Educação, Artes, Humanidades, Engenharias e Técnicas afins e Arquitetura e Construção, entre outros, compreender-se-ão as barreiras e estímulos ambientais, sociais, estruturais e atitudinais existentes e abordar-se-ão estratégias de comunicação acessível a todos.

Para obter mais informações sobre o mestrado em comunicação acessivel aceda ao site dos mestrados do IPLeiria: http://cursos.ipleiria.pt/Mestrados/Pages/mostrarConteudo.aspx?cid=2078#.UaXFP9hXp5c

Dia Mundial da Voz, 2013

DIA MUNDIAL DA VOZ 2013
O Dia Mundial da Voz, celebrado todos os anos no dia 16 de abril, tem como objetivo assinalar a enorme importância que a voz assume na comunicação humana e alertar para os cuidados necessários ao seu bem-estar.
No dia 20 de abril de 2013, sábado, irão decorrer as III Jornadas “A Linguagem da Voz”, no Anfiteatro Professor Celestino da Costa da Faculdade de Medicina de Lisboa. Os objetivos destas jornadas são sensibilizar a população em geral para a importância da Voz e dar a conhecer alguns trabalhos dos alunos do Doutoramento Voz, Linguagem e Comunicação da Universidade de Lisboa.
O membro iACT Ana Saraiva Martins irá apresentar uma comunicação intitulada “A importância da voz na pessoa com surdez”.

Conferência Internacional para a Inclusão

Num contributo para a discussão científica de assuntos do domínio da inclusão, e em consonância com os princípios do projeto IPL (+) INCLUSIVO, a Unidade de Investigação Acessibilidade e Inclusão em Ação (iACT), do Instituto Politécnico de Leiria, propõe-se levar a cabo uma reunião científica internacional – INCLUDiT – Conferência Internacional para a Inclusão – a decorrer no Instituto Politécnico de Leiria, nos dias 5 e 6 de julho de 2013.

Mais informações no site da conferência: http://includit.ipleiria.pt

2º ciclo de workshops

Marisa Ferreira

Investigador em destaque

Marisa Ferreira, membro do iACT concluíu em 2012 o mestrado em Educação Especial na Escola Superior de Educação Jean Piaget, sob a orientação da Professora Doutora Helena Bilimória, com a disertação “O Braille e as Novas Tecnologias dois suportes de leitura e escrita  para pessoas cegas – uma abordagem”.

 

Norberto Sousa

Investigador em destaque

Norberto Sousa, membro do iACT e promotor do projeto comAcesso, tem contribuído com artigos de opinião para a revista  “Louis Braille”, procurando sensibilizar para a importância da acessibilidade na web e do recurso às TIC como instrumentos de inclusão, em particular para a pessoa cega.